?

Log in

No account? Create an account
mitsune_selene
18 December 2020 @ 06:51 pm

FO banner by   mitsune_selene</span>  (Me 8DD)

Graphic posts and some J-Rock Stuff are public.


COMMENT TO BE ADDED!
This is why this post is here.

Want to add me? Feel free to do it. But leave a comment, or I'll bite you, ok? 8DD
Okay. I won't bite unless you ask me to do it. ^^"


If you add me, please comment in my entries.
It won't hurt and will make me happy. x33


- - -

Brasileiro? Ual. As regras são as mesmas pra você.

Comente aqui antes de me adicionar e se o fizer, comente minhas entradas.
Não vai doer e me fará feliz. x33

Posts contendo gráficos ou coisas relacionadas a J-Rock são públicos.

- - -


Tags:
 
 
Current Mood: crazycrazy
 
 
mitsune_selene
16 March 2014 @ 02:16 pm
"Um dia você vai lembrar de mim,
Lembrar que ao menos eu tentei
Ficar com você sob um temporal,
Admitindo que eu errei (eu digo que eu tentei)

Você age de um jeito,
Se comporta como alguém que não se importa
Com o que restou de mim (...)"

Eu posso ter cometido uma série de erros - e certamente o fiz - ao longo do tempo. Alguns talvez sejam irreparáveis, mas o que me impede de tentar reparar as coisas, ou mesmo de tentar começar a construir algo novo em cima do que restou de tudo isso?

Nada.
Pois é, nada.
Sonhos e força de vontade não enchem a barriga de ninguém.
Fato.

Mas não é sonhando e se esforçando pra conseguir alcançar as coisas que a gente conquista metas? Não é através de tentativa e erro que nós adquirimos experiências boas e também as ruins? Eu ainda acho que não tentei o suficiente, que não dei o meu máximo.

Chegou a hora de finalmente me esforçar de verdade, tanto por mim, quanto pelas pessoas que eu gosto tanto.
Eu vou tentar, por mais chateada e triste que eu possa estar com o ocorrido, por mais destruída que eu esteja. É hora de tentar crescer mais uma vez.

Espero que as mudanças que virão sejam pra melhor.
Talvez isso soe como uma utopia aos olhos de pessoas que se dizem autosuficientes e realistas, pés no chão.
Mas vamos ser realistas aqui, então: Eu não vou saber, se não tentar, certo? Eu poderia muito bem me esconder atrás de todas as possibilidades disso tudo dar completamente errado e viver condicionada à fugir de desafios como esse o resto da minha vida.

Mas eu não vou.
E sabe por quê?
Porque eu quero muito mais do que viver numa bolha, acomodada com a segurança que ela me proporciona. Prefiro sair dela. Chega a ser quase irônico que essa seja a natureza do meu signo: Rebelar-se, revolucionar. E eu vou revolucionar. A minha vida, a vida de outro alguém.
Ou pelo menos, assim espero.

Se der errado? Eu aprendi alguma coisa e vou levar isso comigo o resto da vida.
Mas que seja sem o arrependimento de nunca ter tentado, de ter me escondido e me acomodado nos braços dos meus pais quando eu podia ter feito muito mais.
Que Deus esteja comigo nessa, apesar de muitas vezes eu parecer descrente.

 
 
Current Mood: stressedstressed
Current Music: Try - Pink
 
 
mitsune_selene
Eu nem ia abrir a boca pra falar disso, ainda mais aqui. Mas estou sem nada pra fazer e adoro causar uma polêmica. (Tá, a última parte é mentira, mas se vocês quiserem causar, não me importo em ler.)





Sobre o show do the GazettE no Brasil... Here I go!

561851_558373077529590_884573827_n

Primeiro, fico feliz que a Yamato tenha mexido seus pauzinhos pra trazer o the GazettE pra cá, mesmo sabendo o quão falha a empresa pode vir a ser (e já se provou ser várias vezes) quando se trata em organização de eventos/shows.

Então não venham me apontar o dedo dizendo que eu sou uma fã ingrata e que devia mais é parar de reclamar e agradecer pela oportunidade.

Gratidão pela oportunidade é uma coisa. Achar tudo que a Yamato faz lindo é outra. Não confundam.

Segundo, acho 400 reais mais do que justos pela pista premium, se tratando de um show INTERNACIONAL cuja banda em questão não é conhecida pela maioria dos brasileiros. Confesso que a fanbase é grande sim, ainda mais a do GazettE. Mas não é lá uma banda de lotar estádio, de causar repercurssão o suficiente pra que eles se dêem ao luxo de baixar o preço do ingresso e locar um lugar melhor.

E aí é que está o ponto do meu argumento. O local.

Das duas últimas vezes em que estive no Espaço Victory, tive uma experiência desagradável. Achei a estrutura pra lá de porca. A organização (essa eu culpo exclusivamente a Yamato) pior ainda.

Logo, torna-se exorbitante e quase injusto pagar 400 reais por um local pequeno e cuja estrutura (eu imagino) não agrada a maioria das pessoas.

Pagar 400 reais pela pista VIP no HSBC Brasil, por exemplo, cuja estrutura me agradou bastante da vez em que estive lá no show do X Japan, seria mais do que justo. Pagaria com gosto.

O que podemos esperar é que façam bom uso desse dinheiro para melhorar a estrutura e aumentar a qualidade do show.

Por outro lado, não culpo a Yamato por locar uma casa de show menor - mesmo porque é difícil locar qualquer coisa, mesmo que com antecedência -  e cobrar caro pelo ingresso de qualquer forma, porque se eles não o fizerem, provavelmente sairão no prejuízo, mesmo sabendo que a casa pode vir a lotar sem maiores problemas. E o que qualquer organizadora/promotora de eventos quer (e acredite, eles querem) é lucrar também.

Eu fiz Técnico em Eventos (mesmo que tenha largado o curso faltando 3 meses pra finalizar, me julguem) e sei como é difícil e caro produzir qualquer festinha por aí. Imagine um evento desse porte. É um inferno na terra, cheio de burocracias e o custo é exorbitante.

Tem que visar lucrar mesmo.

Injusto pra uns, justo para poucos outros. E ainda assim, não deixo de ser grata à Yamato pela oportunidade.

Eu iria na porcaria do show até se fosse no meio do mato. Isso é ser fã. Eu sinceramente não ligo (muito, rysus) pro local ou para o preço. Se eu puder pagar, se eu puder estar lá, vou estar.

Todo mundo quer ver a banda favorita num lugar bonito, com uma estrutura e produção legal, por um preço acessível. Mas, gente, é a primeira vez que eles pisam aqui. Não dá pra esperar muito.

O X Japan teve sorte de ter uma organização e local melhorzinhos e imagino que tenha sido até exigência da banda. Bom pra nós, mas até onde fiquei sabendo, a Yamato não se saiu lá muito bem trazendo eles pra cá. Houve prejuízo e se vocês não lembram, o HSBC NÃO LOTOU. (Só quase.)

Enfim.

Só não tenho que achar justo ou lindo eu pagar um absurdo pra ver a banda num lugarzinho que - na minha visão de mundo - é digno de vergonha alheia.

Mas que banda mais underground (perdão, gente, mas J-Rock/Visual Kei e bandas orientais num geral não são lá gêneros muito ouvidos ou bem disseminados aqui no Brasil) não começa debaixo e  te faz passar vergonha?

Então se for pra passar vergonha, que seja com vocês, pelo preço que for, seja ele justo ou não.

A Yamato já moveu os palitinhos dela. Agora, se vocês têm condições, movam os seus e provem que cada centavo pago pode sim valer a pena, se mostrarmos que - além de uma fanbase agressiva e desirganizada - podemos, apesar das nossas diferenças, tornar um show inesquecível. (Em um bom sentido, por favor, tá? Não queiram traumatizar ninguém. E quando falo em traumas, tô contabilizando os possíveis traumas cranianos e psicológicos que podemos vir a ter. Umbeyjo positividade.)

E agora, podem me apedrejar, causar ou chorar de EMOção.
Ou começar tentando vender o corpo (ou os rins no mercado negro) se vocês querem tanto esse ingresso.
 
 
mitsune_selene
20 February 2013 @ 05:39 pm
"Vício (do latim "vitium", que significa "falha" ou "defeito").

É um hábito repetitivo que degenera ou causa algum prejuízo ao viciado e aos que com ele convivem."
Read more...Collapse )
 
 
mitsune_selene
24 October 2012 @ 03:06 pm


Já é tarde preciso descansar
Já não vejo as cores
Já não destilo ar
Já não lembro
Já não sinto
Já não vejo
Já não vivo

Tenho medo do futuro
Tenho medo de ter medo
Tenho medo do escuro
Tenho medo de mim mesmo

Quase sem sentidos
Mal posso respirar
Preso à mim mesmo
Meus pés não tocam o chão

Já não lembro
Já não sinto
Já não vejo
Já não vivo

Tenho medo do futuro
Tenho medo de ter medo
Tenho medo do escuro
Tenho medo de mim mesmo

Escuto o silencio
Ensurdecedor
meus olhos já mudos
Transparecendo a dor
que só existe sem você..

Sem você
Sem você
Sem você


 
 
Current Mood: anxiousanxious
 
 
 
mitsune_selene
24 October 2012 @ 02:58 pm
Sinceramente, eu até pensei em fazer um post mais pessoal, desabafando, mas a verdade é que eu mesma já estou cheia dos meus problemas. Não aguento mais ficar cutucando a ferida, dói. E vai continuar doendo.

Mas aos pouquinhos, a gente vai cicatrizando, não é mesmo? 

Há dores que nos levam ao aprendizado. E eu aprendi muito, logo, não me arrependo de nada. Só ainda não aprendi a lidar com o estresse todo que isso me causa, mas uma hora eu acredito que vá passar.

Aí eu tô aqui filosofando e vocês sem entender nada. Então eu resumo pra vocês. Tô heartbroken, me mudei pra São Paulo e tô desesperadamente atrás de um emprego, que seria, aliás, meu primeiro. E sinceramente, minha ansiedade têm se focado bastante nesse último ponto. Não quero, de jeito nenhum, voltar pra Limeira.

Mas tudo vem ao seu tempo, né? Foda mesmo é esperar sem roer todas as unhas, arrancar os cabelos e etc. xD
tentando manter a calma.

Eu estou em frangalhos. Até mesmo pensar nas pessoas que estão aqui pra mim, me ajudando, me dá vontade de chorar. Nunca fui assim, tão emotiva. E devo dizer que descobrir esse lado meu é...Perturbador.

E pra quem disse que não ia desabafar, esse post tá me saindo algo bem pessoal, huh?

Pois fiquem com esse resuminho do que eu estou sentindo, que eu vou ali tentar me distrair. Tô um poço de cansaço hoje. Dormi pouco, acordei cedo e andei bastante.

E de bônus, apresento à vocês uma banda brasileira, que eu particularmente gostei muito.



 
 
Current Location: Sao Paulo
Current Mood: anxiousanxious
Current Music: Inferno - Reação em Cadeia
 
 
mitsune_selene
01 June 2012 @ 11:26 pm
Colocando o pingo nos i's de uma vez por todas.

Eu fico puta com muita coisa e muitas vezes disfarço e digo que está tudo bem, só pra eu não ter o trabalho de meter a mão na fuça da pessoa quando ela me vier com um "Mas..." tentando me dizer que eu estou errada quando NÃO, eu NÃO estou.

Porque sim, eu tenho uma vontade insana de fazer isso, porque já estou cheia de desculpa esfarrapada pra cima de mim.

Sério, tenho cara de idiota?

Primeiro, uma colega se mostra toda interessada em assistir Shut Up Flower Boy Band, viu o episódio 9 comigo (porque era só o que eu tinha no notebook, o resto estava na HD externa). Ok, fiquei toda feliz, ela me disse que queria ver o resto e eu, linda loira e japonesa, levei o notebook pra escola outra vez. Chamei pra ver comigo e ela simplesmente sentou DO MEU LADO, mas olhando pro que o meu amigo estava fazendo ao lado. Não me deu a mínima atenção.

Sério, fiquei PUTÍSSIMA. Eu levei tudo pra ela assistir e a menina nem olha na minha cara.
Fiquei na minha, assistindo sozinha e uma outra amiga me perguntou se eu estava bem. E eu disse que estava, só pra não armar barraco, porque né?

Aí, hoje,uma ooooutra menina que estuda comigo vem me dizer que arranjou um vestido de noiva em uma loja, sendo que eu procurei o vestido da minha mãe, levei aquela porra a pé pra escola pra ela poder experimentar e tudo mais. Consideração, hein? Lindo. E o vestido da minha mãe é pesado pra caralho. (Vamos simular um casamento na aula de Cerimonial e Protocolo.)

Lindo, alta costura, vi cifrões quando ela vestiu. Cospi purpurina.

AÍ VEM COM ESSA. E ainda disse que não é pra eu ficar brava. Ah, linda, claro que eu não vou ficar brava. Eu só fiquei com o ombro doendo por dois dias de carregar aquela mala até a escola. Imagina que eu tô brava. 8D

Tenho cara de idiota? Fico indo e vindo, fazendo as coisas que me pedem e aí geral me sacaneia.
Aí, quando eu me revolto, neguinho vem e diz que eu tô fazendo drama.

Próxima vez, eu mando se virar, porque não vou fazer mais porra nenhuma.

Aliás, meu dente tá doendo pra caralho. Tomando remédios loucamente. Me sinto droagada, essas porras dão sono @_@
E amanhã tem visita em casa. Não quero.

Tem botão Reset pra minha vida? Por favor?

Pronto, reclamei.

Deixando fotos do vestido pra vocês verem como é lindo, mesmo depois de 27 anos guardado. Tá um pouco amassado, né. (Por algum motivo satânico, não consigo virar a imagem pro lado certo.)

 
 
Current Location: Home
Current Music: Assassinate Me - Jesus on Extasy
 
 
mitsune_selene
20 March 2012 @ 02:33 am
Quanto mais eu tento agradar todo mundo, mais atrapalhada eu fico com a minha vida. Não consigo fazer metade das coisas que eu gostaria de fazer, porque eu quero dar ateção pra vocês. Mas poxa. Eu saio de casa às seis da manhã e volto às oito da noite. Eu mal tenho tempo pra comer, tomar banho e já fica tarde. Eu tenho que dormir. Mas eu não durmo. Porque vocês estão me esperando, não é?

Isso acaba comigo. Eu simplesmente não consigo agradar todo mundo.
Vai chegar a hora em que eu vou arcar com as consequências disso. Não vão ser vocês que vão sofrer com isso. Serei eu.

Afinal, ninguém vai se responsabilizar pelo meu sono, meu desempenho baixo no técnico e nas outras atividades diárias, vai? Tenho vontade de passar quase a semana toda sem entrar aqui. Mas quem disse que eu tenho coragem de largar vocês aí, hm? Não tenho. Porque pra mim, meus amigos são o que eu tenho de mais precioso.

Mas eu estou me desgastando demais. .-.
Socorro.
 
 
Current Location: Home
Current Mood: tiredtired
 
 
mitsune_selene
16 March 2012 @ 02:50 am
Hoje a noite tem cover do Metallica no Bar da Montanha. Chamei alguns amigos pra irem comigo, mas do jeito que eu sou cagada ninguém vai e quando eu for pra São Paulo, todo mundo resolve sair? Cês juram que me amam? Não tô acreditando. D:
 
 
Current Location: Home
Current Mood: anxiousanxious
 
 
mitsune_selene
08 March 2012 @ 10:33 pm
Algumas de vocês devem conhecer o dorama taiwanês Devil Beside You, que eu mencionei por aqui já faz muito tempo (e devo ressaltar que ele é ótimo, novamente!). A letra que eu estou postando agora é a tradução a abertura. Adoro a música. Chega a ser engraçado que em determinado momento da minha vida, ela se encaixa perfeitamente. XDDDD

Aliás. Feliz Dia das Mulheres, suas lindas! (apesar do post ter nada a ver com isso LOL)

Jerk - Huang Yi Da

Eu sou o tipo de pessoa que vocês garotas mais odeiam
O canalha que sempre engana os sentimentos das mulheres
Eu sou do tipo que já tem uma em casa, mas ainda não é o suficiente
e tem uma amante fora...

Eu sou aquele que não liga para o "para sempre"
O canalha que apenas liga para o "pegar antes"
Eu sou aquele que vai estar em casa as segundas, quartas e sextas feiras
Sem contar terças, quintas feiras e sábado
E pacificamente vou passar o domingo

O estranho nesse mundo é que mulheres não preferem o cara bonzinho
Elas querem bonito, sensível e atencioso
Esse tipo de cara não existe mais

Eu sou aquele que você não entende
Faço você perder o controle e se sentir impotente
É verdade. Esse canalha.
Faz você gritar para os céus e os céus não te dão atenção
Eu sou aquele que você não entende
Faço você perder o controle e se sentir impotente

É verdade. Esse canalha
Faz você gritar para os céus e os céus não te dão atenção

Eu sou aquele que fará você se perder, quebrar o coração e chorar
O canalha que faz você odiar sua vida inteira
Sou aquele que faz com que você não consiga resistir.
É impossível esperar o inesperado.
O canalha que você odiou a vida toda

E amanhã meu hermano linds vem passar o final de semana comigo <3
Eu e dona Rika vamos causar um pouquinho. 8DDD
 
 
Current Location: Vanilla Secret Place
Current Music: Jerk - Huang Yi Da